Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 22/03/2012 - 12h00
Postado em Notícias

22/03/2012 12h00 - Postado em Notícias

MERCADO DE COMMODITIES

Por Gilda M. Bozza, economista da FAEP O mercado aguarda o relatório de intenção de plantio a ser divulgado no próximo dia 30, pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – USDA. A expectativa está na redução da área plantada com soja e aumento da área plantada com milho. Nos últimos dias, a ausência de […]

Por Gilda M. Bozza, economista da FAEP

O mercado aguarda o relatório de intenção de plantio a ser divulgado no próximo dia 30, pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – USDA. A expectativa está na redução da área plantada com soja e aumento da área plantada com milho. Nos últimos dias, a ausência de novidades fundamentais e a realização de lucros puxaram para baixo as cotações internacionais das commodities agrícolas.

Na quarta-feira, após dias de recuo, o aquecimento das vendas para o mercado chinês deu um novo impulso e as cotações apontaram reação levando em conta a oferta ajustada e a provável redução de área nos Estados Unidos. Com isso, no mercado da soja, os contratos para maio/12 fecharam a US$ 29,87 por saca, uma recuperação de US$ 0,22 por saca.

Já nos mercados do milho e do trigo, os preços operaram em queda. Para o milho, os contratos futuros para maio/12 fecharam a US$ 15,16/saca, em ligeira queda. Para o trigo, o preço para os contratos maio/12 também registraram queda, com apontamento de US$ 14,03 por saca, por conta do quadro mundial e do clima favorável nos Estados Unidos.

No mercado paranaense, os preços acompanharam o recuo da Bolsa de Chicago. A soja fechou a quarta-feira em queda, com média de R$ 49,20 por saca, menos R$ 0,46 por saca. No mercado do milho, a média diária foi de R$ 22,84 por saca. O trigo aponta estabilidade no entorno de R$ 24,68 por saca.

 

imprensa@faep.com.br