Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 21/07/2017 - 16h19
Postado em Destaques, Infraestrutura, Legislação, Meio Ambiente

21/07/2017 16h19 - Postado em Destaques, Infraestrutura, Legislação, Meio Ambiente

Itaipu e CIBiogás conhecem modelo de bioenergia de Castro

Empresas acreditam no potencial energético associado à produção agrícola no Estado

O superintendente de Energias Renováveis da Itaipu Binacional, Paulo Schmidt, e o diretor de Desenvolvimento Tecnológico da CIBiogás Energias Renováveis, Rafael Hernando de Aguiar Gonzales, estiveram em Castro (Campos Gerais), no dia 14 de julho, visitando a propriedade do produtor Jan Haasjes. O encontro promovido pela FAEP teve por objetivo conhecer modelos de geração de energia utilizados por produtores rurais e o impasse vivido por Haasjes desde que a empreitada, que também poderia gerar energia e renda, acabou, em 2014, quando a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), por meio da Resolução Normativa (RN) n.º 482/12, proibiu a venda direta de energia. “Confirmamos um potencial de negócios para o Paraná associado a produção agrícola, que é uma tendência mundial de negócios sustentáveis que produzem riquezas”, avaliou Schmidt.

Entre 2009 e 2012, quando era possível vender a energia excedente gerada na propriedade, alguns produtores investiram em unidades de energias renováveis. Um deles foi o produtor Jan Haasjes, que importou um biodigestor da Alemanha para dar destino correto aos dejetos de seu plantel de suínos, solucionando o passivo ambiental em sua propriedade. Haasjes ficou com o “elefante branco”, como ele denomina o equipamento.

“O arranjo da propriedade é evoluído e organizado. Ele precisa de um modelo de negócio para usar o excedente de energia que já está produzindo, dando destino para outros resíduos que não somente o dele”, explica Schmidt. Hoje, Haasjes não consegue fazer a distribuição da energia produzida pelo biodigestor para outras áreas dele, que estão num raio de 10 quilômetros. A distribuição é permitida somente às concessionárias. “É vital desenvolvermos políticas favoráveis a integração do biogás e de outras fontes renováveis na sua matriz energética. Não de forma só a produzir energia, mas a combinar a ação com outros investimentos e linhas de produção importantes para a nossa economia, como a cadeia de proteína animal que é hoje uma das principais fontes de riqueza do Estado, principalmente como produto de exportação”, afirma Schmidt.

Leia sobre a visita aqui.

Título da Postagem: Itaipu e CIBiogás conhecem modelo de bioenergia de Castro

imprensa@faep.com.br