Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 27/10/2010 - 12h00
Postado em Notícias

27/10/2010 12h00 - Postado em Notícias

FAEP promove seminários sobre Conservação de Solos

A Federação da Agricultura do Paraná (FAEP) promove o seminário sobre conservação de solos: "Quem usa, cuida!". O evento será realizado na FAG – Faculdade Assis Gurgacz em Cascavel no dia 17 de novembro das 9h as 12. No dia 18 de novembro será na Associação dos Engenheiros Agrônomos dos Campos Gerais, em Ponta Grossa, […]

A Federação da Agricultura do Paraná (FAEP) promove o seminário sobre conservação de solos: "Quem usa, cuida!". O evento será realizado na FAG – Faculdade Assis Gurgacz em Cascavel no dia 17 de novembro das 9h as 12. No dia 18 de novembro será na Associação dos Engenheiros Agrônomos dos Campos Gerais, em Ponta Grossa, no mesmo horário.

A programação prevê três palestras:

"Terraceamento e Plantio Direto no Estado do Paraná", proferida pelo engenheiro agrônomo do IAPAR, Rafael Fuentes Lanillo;

 "Assistência Técnica Oficial e Manejo de Solos e Água", proferida pelo engenheiro agrônomo da Emater, Udo Bublitz  e,

"A Fiscalização da Política de Uso de Solos no Paraná", proferida pelo engenheiro agrônomo da Secretaria Estadual da Agricultura, Manoel Luiz de Azevedo.

Os seminários são voltados a produtores e técnicos com o objetivo de abrir espaço para o debate, esclarecendo e orientando sobre a importância do uso do terraço em sistema de plantio direto.  Apóiam o evento: Iapar, SEAB, Emater, CREA-PR, Sindicato Rural de Ponta Grossa e de Cascavel, Sociedade Rural dos Campos Gerais,  Associação dos Engenheiros Agrônomos dos Campos Gerais e Faculdade Assis Gurgacz.

Recomendações do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR):

1 – Os terraços devem ser mantidos em sistema de Plantio Direto por ser uma prática eficiente para controle da erosão, principalmente em anos com chuvas muito fortes.
2 – Associar os terraços a outras técnicas de conservação de solo para reduzir a erosão do solo.
3- Nunca se deve tirar um terraço a cada dois, principalmente nas lavouras com culturas anuais.
4- Os terraços com espaçamentos recomendados pelo IAPAR e IAC são eficientes para controlar a erosão.

A eliminação dos terraços, estruturas de terra para retenção de água em áreas de cultivo, traz consequências desastrosas com aumento acentuado de erosão. O Paraná tem cerca de 5,7 milhões de hectares em plantio direto – mais de 80% de área agricultável do Estado. A técnica foi adotada na década de 70 e contribui para a redução da erosão. Com a eliminação dos terraços, segundo IAPAR,  houve processo acentuado de erosão, principalmente em área com maior declive. Isso foi percebido com a ocorrência de chuvas intensas, nos últimos anos, expondo novamente a agricultura paranaense a perdas de solo.

O produtor que se recusar a seguir a determinação pode ser notificado.

Serviços:

Local: FAG – Faculdade Assis Gurgacz – Auditório da Reitoria –
Avenida das Torres, 500 – Cascavel – PR
Data: 17 de novembro de 2010
horário: 9h as 12h

Local: Associação dos Engenheiros Agrônomos dos Campos
Gerais- Rua Julia Wanderley, 1376 – Ponta Grossa – PR
Data: 18 de novembro de 2010
horário: 9h as 12h

Mais informações: www.sistemafaep.org.br ou (41)  2169- 7923

imprensa@faep.com.br