Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 02/04/2018 - 15h49
Postado em Destaques, Legislação

02/04/2018 15h49 - Postado em Destaques, Legislação

Entrevista: Agroquímicos, um alarmismo injustificável

Segundo o Diretor de Defesa Agropecuária da Adapar, Adriano Riesemberg, Paraná tem o melhor serviço de fiscalização do comércio e uso destes produtos agrícola do Brasil

Estamos assistindo a uma campanha contra os produtos utilizados para controle de pragas na agricultura, com ênfase na suposta contaminação da população. Há outdoors espalhados pelo Paraná que mostram o “consumo de litros de agrotóxicos por habitantes” em diversos municípios. Sobre o assunto conversamos com o Diretor de Defesa Agropecuária da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Adriano Riesemberg.

BI – Qual a participação da Adapar na campanha contra os agrotóxicos que está circulando em outdoors e em veículos de comunicação?

AR – É oportuno registrar que a Adapar não participou em nenhum momento da produção dessas informações, nem as avaliza. A quantidade de agrotóxicos comercializada no Paraná é um dos dados registrados pela Adapar, que tem a atribuição legal de monitorar e fiscalizar o comércio e uso dos agrotóxicos de uso agrícola. Esses dados são públicos, mas a responsabilidade pela interpretação deles é exclusiva de quem as divulgou. Não temos nos furtado de participar de eventos e reuniões que têm por objeto a educação sanitária e o aperfeiçoamento da legislação que regula o comércio e uso de agrotóxicos, mas eventuais manifestações de cunho ideológico não encontram respaldo nas nossas orientações e procedimentos de trabalho.

Confira a entrevista completa aqui.

Título da Postagem: Entrevista: Agroquímicos, um alarmismo injustificável

imprensa@faep.com.br