Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 21/11/2011 - 12h00
Postado em Notícias

21/11/2011 12h00 - Postado em Notícias

Diplomatas têm curso de imersão no Agronegócio Brasileiro

Objetivo é preparar os representantes do Brasil para participarem de negociações internacionais

O Programa de Imersão no Agronegócio Brasileiro, promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), será realizado, de 21 a 30 de novembro, em municípios de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. Durante esse período, diplomatas brasileiros terão a oportunidade de aprofundar seus conhecimentos sobre as características do agronegócio. Com isso, estarão mais preparados para participar de negociações internacionais envolvendo o setor.

Os dezoito profissionais lotados em postos estratégicos de países da Europa, Ásia Oriente Médio e Américas vão verificar in loco procedimentos que garantem a excelência do produto brasileiro. Estão programadas diversas visitas a propriedades rurais e unidades de processamento de carnes bovina, suína e de frango, e de produção de etanol e vinho. Os diplomatas também debaterão questões relevantes com representantes de entidades dos setores que exportam produtos do agronegócio brasileiro.

De acordo com o secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Célio Porto, o programa de imersão contribuirá para que os diplomatas se familiarizem com o agronegócio e conheçam os controles oficiais que garantem a qualidade do produto agrícola. "Atualizar e ampliar o entendimento sobre o setor agropecuário é fundamental para dinamizar as relações comerciais do Brasil no exterior", enfatizou.

O secretário disse ainda que a troca de informação entre os participantes, técnicos do Mapa e representantes do setor privado é essencial, pois além de gerar o conhecimento sobre o setor, mas também a aproximação entre os seus atores, facilitando o encaminhamento das questões do agro no mercado internacional.

Fonte: Ministério da Agricultura

imprensa@faep.com.br