Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 22/11/2017 - 13h33
Postado em Avicultura, Destaques, Notícias

22/11/2017 13h33 - Postado em Avicultura, Destaques, Notícias

Comissão Técnica de Avicultura da FAEP debate sanidade animal

Reunião abordou questões técnicas, práticas de controle, biossegurança, além de esmiuçar a legislação

O controle sanitário foi um dos principais temas abordados na reunião da Comissão Técnica de Avicultura da FAEP, realizada no dia 21 de novembro, em Curitiba. Na ocasião o coordenador de saúde avícola da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Cassiano Kahlow, apresentou a palestra “Salmoneloses em granjas avícolas: Conceitos e legislação”, na qual foram abordadas questões técnicos, práticas de controle, biossegurança, além de esmiuçar a legislação vigente, presente principalmente nas Instruções Normativas nº 8 e nº 20, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Segundo Kahlow, dentre os danos econômicos estão o aumento da mortalidade entre 5% e 20%, baixa fertilidade de ovos, atraso no crescimento e necessidade de eliminação de reprodutoras. “No caso de aves comerciais, não se trata a doença, porque mesmo que não apresente mais sintomas, o animal continua transmitindo a doença”, explicou. “O foco da Adapar é identificar se são doenças que podem trazer riscos à saúde pública ou capazes de trazer dano econômico. Se passou de 10% a mortalidade na granja, o órgão tem que investigar”, disse.

A contaminação pode ocorrer verticalmente (de mãe para filho), ou horizontal (de um animal para o outro). Para enfrentar esse problema, a melhor solução é a prevenção, através do controle de pragas, controle de fluxo de pessoas, veículos e equipamentos, boas práticas e limpeza das instalações. “Deixar uma granja organizada entre um lote e outro é a melhor arma contra a Salmonella”, observou na ocasião o avicultor Guilherme Jonker, presidente do Sindicato Rural de Piraí do Sul.

Participação

Esta foi última reunião de 2017 da Comissão Técnica de Avicultura da FAEP, e também uma das mais prestigiadas do ano, com avicultores representantes de diversas regiões produtoras, alguns participando do encontro pela primeira vez.

No início da reunião foi feito um minuto de silêncio em memória ao ex-presidente da comissão, e uma das grandes lideranças da avicultura nacional, Amarildo Brustolin, falecido no início de novembro.

Outros temas tratados ao longo do dia foram as capacitações promovidas pela FAEP para os membros das Comissões de Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadecs), que negociam com as agroindústrias de forma a tornar esse processo mais justo e transparente.

Na reunião também foi apresentado o levantamento dos custos de produção de frango de corte realizado em outubro.

imprensa@faep.com.br
Agência de Internet PontoCom