Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 01/10/2010 - 12h00
Postado em Notícias

01/10/2010 12h00 - Postado em Notícias

Cafeicultores mineiros se unem para comprar uma colheitadeira

Cafeicultores mineiros se unem para comprar uma colheitadeira

Cafeicultores de Monte Santo de Minas se uniram para compraruma colheitadeira. A máquina está ajudando a driblar um problema queatormentava os agricultores: a falta de mão-de-obra para trabalhar naslavouras.

Mãos ágeis para apanhar o café. Na lavoura em Monte Santo de Minas acolheita é toda manual. O manejo dos grãos exige habilidade. Nem sempre é umatarefa fácil.

Para o cafeicultor, há dificuldade em encontrar mão-de-obrapara a colheita. "Tem muito pessoal do Norte que faz o trabalho e não ésuficiente. A gente tem de estar sempre pegando os vizinhos que acabam ascolheitas e ajudam a gente a terminar", contou o agricultor Oduvaldo AparecidoLopes.

Foi pensando nestas dificuldades que os produtores de MonteSanto de Minas criaram uma associação em março deste ano. Eles fizeram ofinanciamento e compraram uma máquina colheitadeira de mais de R$ 500 mil. Aideia partiu de um grupo de produtores da comunidade rural da Lagoa.

"Juntando 36 associados fica muito mais forte. Graças aDeus, estamos com o fruto disso", comemorou Amarildo José de Araújo,vice-presidente da associação.

Com a máquina o seu Amarildo espera economizar R$ 10 mil dacolheita em comparação ao ano passado, quando o café foi colhido manualmente.Como a colheitadeira tem de atender a todos os produtores, a ordem é definidaatravés de sorteio.

"Isso mostra que juntando os pequenos cria escala paratornar-se grande e poder disputar o mercado de café em condições vantajosas,como se fosse um grande produtor", disse Carlos Paulino, presidente da Cooxupé.

Cada um dos 36 produtores da associação paga R$ 2 mil porano pelo financiamento da colheitadeira.

Fonte: Globo Rural

imprensa@faep.com.br