Logotipo Sistema FAEP

Data da Publicação: 06/10/2010 - 12h00
Postado em Notícias

06/10/2010 12h00 - Postado em Notícias

AGRICULTURE.COM EXPRESS

Notícias sobre a agricultura americana

Colheitadeiras avançam nas lavouras de soja nos EUA >>

Hora da decisão? >>

Mercados em disparada >>

Céu de brigadeiro para a colheita de verão >>

Milho decepciona, mas soja supera expectativa >>


DESTAQUE

Colheitadeiras avançam nas lavouras de soja nos EUA

Com a colheita do milho adiantada, produtores norte-americanos a trocam as plataformas e preparam o maquinário para avançar sobre as lavouras de soja em ritmo acelerado. No início da semana, 27% do milho haviam sido coletados, índice bem à frente da média dos últimos cinco anos, de 15%. Mais da metade da safra de Illinois (57%) já foi colhida, um forte contraste com o estado vizinho de Iowa, onde apenas 8% da produção saiu do campo é colhida depois que chuvas generalizadas paralisaram os trabalhos na semana passada. A condição das lavouras de milho piorou um pouco, com 66% da safra em bom estado, uma queda de 2 pontos porcentuais ante a semana anterior.

A colheita da soja também começou adiantada. As máquinas já passaram por 17% das lavouras, acima da média histórica de 13%. Em Indiana, quase metade (41%) da safra já foi coletada. A condição das lavouras de soja permanece inalterada em relação à semana anterior, com 63% da safra em bom estado.

Já o rendimento do milho continua decepcionando os agricultores. Para Doug Martin, de Mt. Pulaski, Illinois, esta foi a safra com produtividade mais inconstante dos últimos anos. "Colhi média de 6 e de 7,5 mil quilos por hectare em áreas muito próximas. É muito frustrante investir tanto para obter rendimentos tão ruins assim em alguns talhões. É um bom lembrete de que, mesmo com toda a tecnologia e as ferramentas que temos que temos hoje, é a natureza que ainda tem a palavra final", lamenta. Quem colhe soja conta uma história tem sido completamente diferente. A produtividade igualado ou superado a média até agora.

Leia a reportagem completa (em inglês) >>

http://www.agriculture.com/news/crops/farmers-aim-combines-into-soybes_2-ar10601


Topo

________________________________________________

MERCADO

Hora da decisão?

O mercado de grãos chegou a uma encruzilhada. Depois de alcançar os maiores preços dos últimos dois anos, a escalada perdeu a força nesta semana. As cotações dispararam na segunda, mas devolveram os ganhos com troco na terça e na quarta. A curva de alta parecia ameaçada, mas, os preços voltaram a subir ontem. O vai-vém deixou o mercado confuso – a tendência, afinal, é de alta ou de baixa? Seria apenas uma correção de curto prazo em um mercado altista?

Isso me lembra uma frase de meus professores costumava citar: "O papel do mercado é manter todos confusos". Bem, até agora, o mercado está fazendo seu trabalho. Mas acho que o que ele estava querendo dizer com isso era que o objetivo do mercado é fazer com que haja mesmo o mesmo número de compradores e vendedores para um determinado produto, de modo que os preços se adéqüem à realidade. Se houver mais pessoas interessadas em comprar do que em vender, então o preço deverá subir. Se há mais pessoas interessadas em vender do que comprar, então o preço cai. Até o início da semana havia mais pessoas interessadas em comprar do que em vender. Mas agora, conforme avança a colheita nos EUA, o número de vendedores começa a aumentar.

Até agora, as perspectivas de safra dos EUA é boa. O milho deve render em média  10,4 mil quilos por hectare e a soja 3 mil quilos. Os primeiros reportes de colheita, no entanto, têm sido decepcionantes para o milho até agora, e acima das expectativas para a soja, mas algumas estimativas privadas também estão prevendo queda de produtividade durante a temporada.

O clima está começando ficar favorável à colheita nos EUA, com previsão de tempo seco na maior parte dos estados produtores nas próximas duas semanas. A Rússia e a Ucrânia finalmente receberam chuvas generalizadas. Isso favorece o plantio de alguns hectares adicionais e permite a germinação do trigo plantado em solos secos, melhorando consideravelmente o potencial  da safra de trigo da região.

Leia mais (em inglês) >>

http://www.agriculture.com/markets/analysis/soybeans/crunch-time_10-ar10803

Topo

_ ______________________________________________

CONJUNTURA


Mercados em disparada

Os mercados da soja e do milho dispararam nas últimas semanas no mercado internacional. O cereal tem encontrado suporte nas preocupações com os rendimentos reportados nas primeiras colheitas nos Estados Unidos, que estão abaixo do esperado. Apenas um mês atrás, a expectativas era de 10,5 mil quilos por hectare. Agora, as estimativas estão recuam em direção à faixa de 9,5 mil quilos/ha. Com estoques relativamente apertados, de 27,9 milhões, toda e qualquer queda no rendimento pode reduzi-los ainda mais. Uma queda de 400 quilos por hectare na produtividade média levaria os estoques de milho dos EUA para apenas 17,8 milhões de toneladas. Os preços mais altos tendem a conter a demanda, de modo que o número final real ainda depende quão agressivo serão os compradores. O ponto, entretanto, é que o mercado está passando por um aperto nos estoques e isso deve render preços mais altos para o milho.

O mercado da soja foi impulsionado pela preocupação com o tempo em outras partes do mundo, apesar dos bons resultados iniciais de colheita nos EUA. E, claro, pelo apetite voraz da China. Mesmo com safras recordes no Brasil, Argentina e EUA no ciclo passado e o que parece ser outra grande safra a caminho nos EUA nesta temporada, os estoques mundiais ficam cada vez mais apertados. Elevando os preços, o mercado está racionando o consumo. Até que ponto o rali que fez a soja ganhar mais de US$ 1 em um mês em Chicago se sustenta ninguém sabe.

Em três dos últimos quatro anos, os preços subiram em plena colheita norte-americana. Agora não é hora de fugir do mercado. Para aqueles que venderam a preços mais baixos e agora estão decepcionados, lembre-se do que aconteceu há alguns anos, quando o milho caiu de mais de US$ 8 por bushel para menos de US $ 3 em poucos meses. Não que isso vá acontecer este ano, muito embora o mercado possa passar do otimismo ao pessimismo de uma hora para outra, por motivos meramente especulativos. Os fundos de investimento foram estão com um número recorde de contratos comprados. Se por algum motivo eles resolverem sair do mercado todos ao mesmo tempo, a queda dos preços pode ser violenta. A decisão de venda deve considerar essa volatilidade. Carregar estoques pode ser uma verdadeira poupança quando o mercado está subindo, mas é devastador quando os preços caem. O fundamental é ter uma estratégia de comercialização.

Leia mais (em inglês) >>

http://www.agriculture.com/markets/analysis/corn/accelerating-markets_9-ar10409

Topo

________________________________________________

CLIMA


Céu de brigadeiro para a colheita de verão

O volume de milho e de soja que será colhido no Meio-Oeste dos Estados Unidos nos próximos dez dias deve ser nada menos que incrível. Com sem previsão de chuva, as colheitadeiras poderão rolar sem parar na maioria dos estados. Até o dia 10, provavelmente mais de um terço já soja já vai ter sido colhida.

Os termômetros devem recuar, com possibilidade de geada no Meio-Oeste neste fim de semana. As temperaturas ficam negativas no norte e noroeste do cinturão no sábado e em toda a região no domingo. As menores mínimas serão registradas no nordeste de Iowa, leste de Minnesota, Wisconsin e Michigan e norte de Illinois, Indiana e Ohio.

O clima seco é ótimo para a colheita, mas em algum momento vamos precisar novamente de chuva para umedece os solos para o plantio do trigo. Os solos estão excessivamente secos na região do Delta do Mississipi, em Indiana e Ohio.

Leia a reportagem completa (em inglês) >>

http://www.agriculture.com/news/crops/amazing-harvest-wear_2-ar10697

Confira o boletim climático mais recente (em inglês) >>

http://www.agriculture.com/weather/weather-report/weather-and-market-report

Topo

________________________________________________

SAFRA 2010/11


Milho decepciona, mas soja supera expectativa

Enquanto a colheita do milho avança rapidamente nos Estados Unidos, produtores começam a colher as primeiras lavouras de soja em algumas partes do Corn Belt, o cinturão de produção de grãos do país. Até agora, a temporada 2010/11 tem sido diferente para os dois grãos. A maior parte dos produtores de milho reporta rendimento inferior ao esperado, os primeiros relatos de colheita de soja indicam boa produção de soja.

Confira mais detalhes sobre a colheita da soja nos EUA (em inglês) >>

http://www.agriculture.com/news/crops/soybe-harvest-rolls-on-whats-your-top_2-ar10599

Veja mais sobre a colheita do milho nos EUA (em inglês) >>

http://www.agriculture.com/news/crops/interesting-cn-year-dragging-yields_2-ar10647

Topo

________________________________________________

SOBRE A NEWSLETTER

Comentários e sugestões escreva para rural@gazetadopovo.com.br

Successful Farming Agriculture.com EXPRESS é criada por:

João Walter – Editor Executivo Agriculture.com

Laurie Potter – Editor de Novos Produtos

Mike McGinnis – Chefe da divisão de Mercados em Chicago

Jeff Caldwell – Editor de Multimidia

Jason Meeker – Produtor de mídia interativa

Justin Davey – Produtor Multimidia

Jim Meade – Editor Convidado

Luana Gomes – Tradução e Adaptação

As contribuições adicionais provenientes do corpo editorial da revista Successful Farming, nossos correspondentes, visitantes e amigos do website www.agriculture.com. Se você tiver perguntas ou comentários sobre este boletim, envie um e-mail. Se você gostaria de anunciar no EXPRESS ou no Agriculture.com, entre em contato com Scott Mortimer. Seu e-mail: [youremail@youremail.com.br] está em nosso mailing. Para receber o Agriculture.com EXPRESS, Ag Buyer’s Guide Update, Ageless Iron Alert, Farmers for the Future ou Women in Ag Sampler, por favor clique aqui e selecione "gerenciar suas preferências de e-mail." Para atualizar o seu e-mail, visite o Serviço de Atendimento ao Cliente do Agriculture.com. Você vai precisar do seu endereço de e-mail atual, loggin e senha. Se você esqueceu sua senha, utilize o link "Esqueceu sua senha?". Se você não deseja continuar recebendo o Agriculture.com EXPRESS via e-mail, clique aqui para editar suas preferências ou envie seu nome, endereço completo, e-mail e a relação de boletins que deseja cancelar para: Cancelar Newsletter, Meredith Corporation, LS 205, 1716 Locust St. Des Moines, Iowa 50309-3023. Copyright Meredith Corporation 2010. Todos os direitos reservados.

Topo

imprensa@faep.com.br